6 passos para gerenciar a sua obra de forma mais assertiva

O gerenciamento de obras possui o foco de efetivar e executar os projetos de arquitetura e engenharia. É uma forma de garantir que tudo fique pronto no tempo previsto e dentro do orçamento estabelecido. Todas as etapas da obra precisam ser bem planejadas para que tudo saia como programado, não pode acontecer improvisos. Continue lendo para saber um pouco mais de como gerenciar obras para dificultar a ocorrência de imprevistos e garantir resultados de qualidade e dentro do prazo.


O que é o gerenciamento de obras?

Como dito anteriormente, o gerenciamento de obra é responsável pela administração de tempo, recursos e equipe para que seja cumprido o cronograma da obra e também da estimativa financeira inserida no orçamento. O profissional responsável pela gestão da obra, seja ele um arquiteto ou um engenheiro civil, precisa assegurar que a efetivação seguirá à risca o que está no projeto, identificando problemas e buscando alternativas para resolvê-los. Isso beneficia também o contratante pois com um gestor atuando, do início ao fim da construção, as chances da construtora cumprir todas condutas e objetivos são maiores.



Qual a finalidade de um gerenciamento de obras?


- Amenizar imprevistos

É bastante comum ocorrer alguns problemas inesperados durante a obra, algo que é mais fácil de ser evitado com o gerenciamento de obras. Com um cronograma e um planejamento da obra bem elaborados, antecipar problemas se torna possível e suas soluções são mais simples.

- Garantir a qualidade da construção

Os processos envolvidos na gerência da qualidade da construção tem o objetivo de garantir que todas as fases sejam concluídas com a qualidade desejada. Ou seja, cada uma das etapas da construção precisa se adaptar perfeitamente aos quesitos de qualidade determinados pela construtora e esperada pelo cliente. O gerenciamento da qualidade da obra supervisiona os resultados do canteiro, com um padrão de qualidade cada vez mais exigente, sempre buscando satisfação máxima. A gestão proporciona também a inserção de processos de melhoria constante como aperfeiçoamento de técnicas, materiais e mão de obra usada.

- Garantia da finalização da obra no prazo estabelecido

Com um cronograma de obra estabelecido, podem ser identificados problemas antes de acontecerem no início da construção. Ou seja, evita que ocorra atrasos e que a entrega ultrapasse o prazo.


Quais são as fases do gerenciamento de obras?

Esse é um trabalho que exige muita atenção e cautela do profissional responsável, ele deve se preocupar com o estudo de viabilidade até o cumprimento de prazos e entrega das chaves. Para efetuar uma gestão eficiente, é importante seguir os passos abaixo:

1- Estudo de Viabilidade

É essencial fazer o estudo de viabilidade técnica e econômica antes de começar qualquer empreendimento. Ao estipular os gastos da construção do imóvel e as possibilidades de venda, o construtor pode avaliar se o investimento vale a pena. Para isso, é necessário considerar, por exemplo, os materiais e estratégias utilizadas na obra e também os custos de contratação dos colaboradores. Além disso, é necessário ter atenção a outros fatores, como zoneamento urbano, restrições geotécnicas da área, limitações gerais, levantamento da taxa de ocupação e autorizações necessárias para a obra. Se nesse estudo de viabilidade, o profissional perceber que o investimento a ser feito possui um alto custo e um baixo ou nenhum retorno, a construção pode ser cancelada.


2- Análise do orçamento

É essencial ter muita cautela ao fazer um levantamento de valores para a construção e sempre acompanhar as oscilações do mercado, isso ajuda a diminuir riscos e melhorar a gestão da construção. Então fique atento aos seguintes pontos:

  1. Não misture orçamentos: avalie os valores de cada localidade para fazer um orçamento correto;

  2. Tenha conhecimento em técnicas de elaborar preços: se você ainda não sabe como fazer um orçamento adequado, procure ajuda de um profissional capacitado;

  3. Acompanhe a inflação: fique sempre atento à variação de valor para compra de materiais e locação de equipamentos pois isso requisita um reajuste nos custos da obra.


3- Planejamento de materiais essenciais

Após fazer o estudo de viabilidade e fazer um orçamento, é necessário planejar os materiais fundamentais para a obra e onde eles serão guardados.


4- Execução do projeto

É o momento de arquitetar, conduzir e controlar procedimentos para o gerenciamento das aquisições indispensáveis ao planejamento e execução da obra. Para isso é interessante promover métodos para o progresso da organização física dos variados tipos de obras.


5- Supervisão e controle

Depois de estruturar todas as etapas, é hora de monitorar os trabalhos. A administração do canteiro de obras ajuda a evitar desperdício de materiais, reduzindo os custos da construção. A pessoa encarregada pela gestão da obra também deve acompanhar a equipe de trabalho, esclarecendo dúvidas, garantindo a segurança dos trabalhadores e precavendo erros. Para isso, é bom estipular metas diárias, manter uma boa comunicação com a equipe e antecipar problemas. Também é recomendado registrar as fases da obra com fotografias para evitar contratempos no futuro.


6- Finalização da obra

Assim que concluir a obra, é necessário efetuar o término da inscrição perante o Cadastro Nacional de Obras (CNO), na Receita Federal.



Qual a função do gestor no gerenciamento da obra?

Gerenciar uma obra é mais que controlar os recursos pessoais e materiais, existem outros pontos importantes que precisam ser coordenadas e supervisionadas pelo profissional.

Algumas das habilidades necessárias para gestão:

  1. Organização;

  2. Conhecimentos amplos e multidisciplinares;

  3. Saber lidar com as pessoas;

  4. Ter experiência e ser bem treinado;

  5. Saber aplicar os métodos e ferramentas necessárias;

  6. Capacidade de suportar situações complicadas (resiliência).

O gestor sempre será responsável por negociações, ele não deve hesitar no momento de planejar e investir suas ideias. Com a falta dessa inciativa, não é possível gerenciar obras adequadamente.

Ele é responsável por:

  1. Contratar e treinar a equipe para garantir um desempenho de qualidade;

  2. Coordenar e monitorar as etapas da obra para evitar atrasos;

  3. Comprar e acompanhar o uso dos materiais para evitar desperdícios;

  4. Delegar responsabilidade, suas ações devem ser precisas mas também flexíveis em certos momentos. Um bom método a se usar é sempre manter uma comunicação aberta, encorajando os colaboradores a expressarem suas preocupações e opiniões, ajudando a diminuir o risco de haver erros.

A gestão de obras é algo que exige muito cuidado, atenção e tempo do arquiteto ou engenheiro e são esses cuidados que garantirão o término da obra no prazo previsto e a satisfação do cliente na entrega das chaves. Ficar atento a todos os detalhes é de extrema importância para certificar que a obra está sendo realizada com excelência. Outro ponto é, se algum fornecedor ou funcionário falhar repetidas vezes, é recomendável fazer uma troca para assegurar que saia tudo conforme estabelecido.

Esperamos ter esclarecido dúvidas sobre o gerenciamento de obras e ter te ajudado de alguma forma. Continue nos acompanhando para conteúdos como esse!

Confira também: 5 Dicas para ser um bom operador de escavadeira


Solicite um orçamento

Telefone:

4005-9091

34 3257-0800

Rua Tupaciguara,455 - loja 41 Bairro Aparecida Uberlândia - MG. Cep: 38400-700

© 2021 - Todos os direitos reservados a Brutatec, uma marca do grupo Multivisi.

​www.brutatec.com.br